Pesquisa mostra que 40% das rádios têm o objetivo de adaptar-se ao rádio digital

Via Tudo Rádio

Uma pesquisa realizada pelo Laboratório de Políticas de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB) aponta que 52% das estações demonstram interesse em substituir os seus transmissores nos próximos cinco anos. Destas emissoras, cerca de 40% declarou que o principal investimento deve ser de acordo com as exigências do rádio digital, além de uma porcentagem que deseja aumentar a potência da rádio ou renovar os equipamentos.



De acordo com o relatório divulgado pelo site da Abert, os radiodifusores esperam que o Governo Federal adote políticas capazes de ajudá-los a enfrentar os desafios da migração tecnológica. Mais da metade (57%) considera a isenção fiscal uma medida importante para a aquisição de novos equipamentos, por exemplo.

Essa necessidade também é demonstrada nas estatísticas sobre a capacidade financeira das rádios: 81% responderam que não alcançam os US$ 150 mil necessários para investir na digitalização. Somente 13% dizem possuir mais de US$ 200 mil para o investimento. A quantia de US$ 150 mil (ou R$ 300 mil) representa um nível médio de investimento que uma emissora de pequeno porte deverá fazer para migrar de tecnologia, segundo o Labcom. “Os radiodifusores estão à espera de políticas públicas que possam ajudá-los a enfrentar os enormes desafios que a transição irá impor às emissoras”, concluem os pesquisadores Nélia Del Bianco e Carlos Eduardo Esh.

Outro dado significativo que chama a atenção é o número de rádios que não modernizaram seus equipamentos de transmissão: 35% ainda usam aparelhos valvulados – 37% são AMs e 63% FMs. Incluindo o uso de aparelhos valvulados e modulares, em 68% das emissoras os equipamentos têm até dez anos e em 11,3% delas funcionam há mais de 20 anos.

More Sharing Service|Share on facebookShare on myspaceShare on googleShare on twitte

Por Carlos Massaro – 17/abril/2012
E-mail carlosmassaro
Carlos Massaro é de São Paulo e atua como radialista e jornalista. O profissional vai ao ar nos finais de semana na Rádio Brasil (brasilwebradio.com) e integra a equipe jornalística da rádio Regional AM de Palmital. Já coordenou uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré.

Siga Carlos Massaro no Twitter (@CarlosMassaro)
Siga também o @TudoRadio

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.