Reconhecimento do trabalho do Padre Landell de Moura

Publicamos material de divulgação preparado pelo Movimento Landell de Moura (www.mlm.landelldemoura.qsl.br).

Marco da primeira transmissão de rádio do mundo será inaugurado no dia 20, no Colégio Santana, em São Paulo

Iniciativa homenageará o inventor brasileiro do rádio e pioneiro das Telecomunicações Padre Roberto Landell de Moura, cujo sesquicentenário de nascimento celebrou-se em janeiro passado

Uma nova iniciativa no País vai rememorar e imortalizar o nome do padre-cientista Roberto Landell de Moura, inventor brasileiro do rádio e pioneiro das telecomunicações, ainda ignorado oficialmente pela História do Brasil. O Colégio Santana, localizado na zona norte da cidade de São Paulo, vai inaugurar no próximo dia 20 de setembro um marco alusivo à primeira transmissão de rádio do mundo.

Como mostram documentos históricos e reportagens da época, foi ali, no Colégio Santana, que o padre Landell (1861-1928), realizou, no final do século XIX, diversas experiências de transmissão à distância da voz humana sem fio, em uma distância aproximada de 8 km, em linha reta, até a Avenida Paulista.

O êxito dessas experiências – pioneiras no mundo na transmissão de voz – foram registradas por veículos como os jornais O Estado de S.Paulo e Jornal do Commercio e testemunhadas, inclusive, pelo cônsul britânico Percy Charles Parmenter Lupton. Padre Landell, pouco depois, patentearia suas invenções no Brasil e nos Estados Unidos, documentos cujos originais ainda estão preservados e em exposição no Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Apesar de tudo o que fez, o cientista não recebeu nenhum apoio e ainda foi perseguido. É inegável, porém, o valor das suas descobertas.

O evento será no Pátio das Palmeiras, o pátio do Colégio Santana em que Padre Landell exibiu os seus inéditos aparelhos de comunicação. A programação prevê a abertura da cerimônia, às 14h, com Hino Nacional e hasteamento da bandeira. A diretora Gisele Peterson e o vereador Eliseu Gabriel, apoiador da causa pelo reconhecimento de Landell de Moura, discursarão em seguida. Às 14h30, acontecerá o descerramento da placa. Logo após, alunos do 5º ano prestarão homenagem ao padre-cientista e o jornalista e biógrafo do Padre Landell, Hamilton Almeida, fará um breve pronunciamento. A cerimônia será encerrada com palavras da diretora Gisele.

O Colégio Santana fica na rua Voluntários da Pátria 2.624, no bairro de Santana. Ao seu lado fica a Capela de Santa Cruz, onde Padre Landell foi pároco no últimos anos do século XIX.

Eduardo Ribeiro (eduribeiro) / Hamilton Almeida (hamilton_xxi)

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.